Governo
05 Outubro de 2021 | 21h10

UNIVERSIDADE DO CUANZA REFORÇA COOPERAÇÃO ENTRE ANGOLA E ESPANHA

A cooperação entre Angola e Espanha no domínio da ensino superior está mais reforçada, com a construção da Universidade Internacional do Cuanza, inaugurada hoje, 5 de Outubro, na província do Bié, pelo Presidente da República, João Lourenço.

"A Espanha está decidida a andar de mãos dadas com Angola”, disse o embaixador espanhol, Manuel Hernández Ruigomez, que na cerimónia de inauguração manifestou-se  orgulhoso, por ter participado, apoiado e facilitado a instalação da Universidade Internacional do Cuanza, na província do Bié. 

"Se há algo que deixa uma marca indelével nas relações entre os dois países são as instituições de ensino que ajudamos a instalar. Não há maior orgulho para uma Embaixada e não há maior demonstração de amizade e fraternidade que a Espanha sente por Angola, um país com cidadãos pelos quais vale a pena lutar”, realçou. 

Para Manuel Hernández Ruigomez, a educação e a formação adequada, da escola à universidade, devem ser a principal preocupação dos governos para o progresso dos seus cidadãos. 

A Universidade Internacional do Cuanza, afirmou, passa a ser um centro de ensino, onde o espanhol e o português serão as línguas de trabalho. 

Pela dimensão do projecto, Manuel Hernández Ruigomez disse que chegou a pensar que demoraria muito mais anos para ser concretizado.

"Estava errado. Em apenas três anos, temos em vista este investimento de 20 milhões de euros. E é apenas a primeira fase, que dará oportunidade de formação aos jovens do Bié, assim como aos jovens das províncias vizinhas”, referiu. 

O diplomata espanhol disse ainda que a relação que o Presidente João Lourenço estabeleceu com o Rei de Espanha é de clara proximidade fraterna, tendo permitido que através das respectivas embaixadas se estabeleçam laços que os une cada vez mais, em benefício dos cidadãos, das empresas e das  instituições.

"Acabamos de elaborar e aprovar o terceiro plano para África e Angola é um país prioritário”, assegurou. 

Manuel Hernández Ruigomez, que vai seu segundo mandato como embaixador de Espanha em Angola, disse que vê Angola como um país que fez um enorme esforço para conquistar a paz e a reconciliação, e admira os angolanos pelo caminho de renovação que percorreram e que tem permitido, em primeiro lugar, a estabilidade política.