Governo
19 Fevereiro de 2021 | 21h02

PRESIDENTE ASSISTE AO ARRANQUE DE FÁBRICA TÊXTIL EM BENGUELA

Mais de mil pessoas vão trabalhar na fábrica "África Têxtil", localizada na província de Benguela, gerida por um grupo empresarial do Zimbabwe até à sua privatização.

Este empreendimento vai ser reaberto neste sábado, 20 de Fevereiro, pelo Presidente da República, João Lourenço, que vai assistir ao arranque do processo de produção da fábrica, reabilitada e equipada após 18 anos de paralisação. 

O Presidente João Lourenço vai efectuar uma visita guiada às instalações da unidade fabril, que produzirá cobertores, lençóis, toalhas e uniformes. 

Após a actividade na fábrica têxtil, o Chefe de Estado trabalhará no Palácio do governo provincial, concedendo audiências a representantes da classe empresarial, de instituições religiosas e da sociedade civil. 

Antes da falência, a fábrica chegou a uma produção mensal de um milhão de metros de tecidos. A sua reabilitação custou 480 milhões de dólares.