Saúde
20 Abril de 2021 | 10h04

PANDEMIA CAUSA MORTE NA HUÍLA E CUANZA NORTE

Autoridades detectam mais 129 casos positivos

O número diário de casos positivos de COVID-19 aumentou de 89 para 129 nas últimas 24 horas, mais 40 casos em relação ao dia anterior.

 

Além das novas infecções, três pessoas ficaram recuperadas em Luanda, com idades entre 26 e 39 anos.

 

A COVID-19 também causou a morte de duas pessoas, de 48 e 53 anos, nas últimas 24 horas, na província da Huíla e Cuanza Norte, segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, esta segunda-feira, 19 de Abril, no habitual ponto informativo sobre a pandemia no país.

 

Quanto aos infectados, 101 estão em Luanda, 11 na Huíla, sete no Cuanza Sul, quatro em Benguela, três em Cabinda e igual número na província do Zaire. Os mesmos estão na faixa etária entre sete e 82 anos, sendo 97 do sexo masculino e 32 do feminino.

 

Com o registo das últimas 24 horas, Angola contabiliza 24.518 casos positivos, dois quais 563 óbitos, 22.600 recuperados e 1.355 activos. Entre os activos, sete mantém-se em em estado crítico e menos cinco pessoas saíram do estado grave.

 

O número de pacientes moderados aumentou de 63 para 68, já  os de pacientes leves de 39 para 48 e os assintomáticos de 1.104 para 1.219 doentes.

 

Nas últimas 24 horas, foram processadas 2.676 amostras por RT-PCR, mais 1.129 em comparação ao último registo, das quais 129 positivas e 2.547 negativas.  O cumulativo de amostras processadas é de 473.970 e a taxa de positividade 5.2 por cento.  

 

Nos centros de quarentena institucional estão 48 pessoas e outras seis deixaram os respectivos centros, sendo quatro no Cuando Cubango e duas na Huíla.

 

O número de contactos de casos positivos sob vigilância epidemiológica subiu de 1.301 para 1.372.

 

A equipa de saúde mental e intervenção psico-social assistiu 58 cidadãos através do centro de atendimento por telefone e outros 38 recorreram pela mesma via ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) para obterem esclarecimentos sobre a COVID-19.

 

O país conta com 395.447 pessoas vacinadas contra a COVID-19. A campanha teve o seu arranque no dia 2 de Março.