Governo
30 Junho de 2021 | 11h06

NOVO AEROPORTO INTERNACIONAL CONCLUÍDO EM FINAIS DE 2022

O Executivo angolano renegociou com a China, no valor 1.4 mil milhões de dólares, o financiamento para construção do novo Aeroporto Internacional de Luanda, localizado no Bom Jesus, município de Viana.

A conclusão das obras tem uma previsão de 12 meses, tempo suficiente para a sua certificação, segundo o ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, no final da sexta reunião ordinária da Comissão Económica do Conselho de Ministros, realizada nesta terça-feira, 29 de Junho, sob orientação do Presidente da República, João Lourenço.


"Há duas etapas que temos que cumprir, uma que é a construção civil e um conjunto de outras acções que têm a ver com o processo de testagem e certificação do próprio aeroporto que vai demorar entre nove a 12 meses”, disse Ricardo de Abreu, adiantando que o prazo é uma indicação internacional a nível destes processos, para que o aeroporto possa estar totalmente funcional. 


Com este novo financiamento, o Executivo prevê a conclusão das obras, que já estão em 33.6 por cento de execução, para o quarto trimestre de 2022. 

"O impacto da pandemia acabou por condicionar todo o trabalho a nível da retomada das obras, o processo de renegociação com a República Chinesa também condicionou a normalização das condições financeiras e, obviamente, o acerto do financiamento com o fiscal da obra também acabou por permitir o relançamento do projecto da construção do novo Aeroporto Internacional de Luanda em todas as suas componentes”, explicou o ministro. 


O novo Aeroporto Internacional de Luanda terá uma capacidade para acolher 15 milhões de passageiros por ano, um volume de mercadorias de 50 mil toneladas por ano e ocupará uma área de 1.324 hectares.