Saúde
12 Outubro de 2021 | 10h10

MAIS SETE MORTES POR COVID-19

Angola regista 376 casos recuperados e 202 novas infecções nas últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias registaram 376 recuperações, 202 novos casos positivos e sete mortes por COVID-19.

 

Os óbitos ocorreram nas províncias de Luanda, Malanje e Huambo com dois registos cada e Cabinda com um.

 

As vítimas são cidadãos angolanos, três do sexo masculino e quatro do feminino, com idades entre 18 e 85 anos, de acordo com o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública (DNSP) apresentado nesta segunda-feira, 11 de Outubro pelo secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

 

Além das mortes, 376 pacientes na faixa etária de um a 95 anos recuperaram-se da COVID-19 nas últimas 24 horas.

 

Entre os recuperados, 242 pacientes estiveram sob controlo das autoridades sanitárias em Luanda, 66 no Huambo, 31 no Cuando Cubango, 25 na Huíla, seis em Cabinda, quatro no Bié e dois no Moxico.

 

Por outro lado, 202 pessoas ficaram infectadas com o vírus da COVID-19, sendo 148 em Luanda, 21 no Huambo, sete em Cabinda, seis no Cuanza Sul, cinco no Zaire, quatro no Cuanza Norte, três em Benguela e igual número nas províncias do Cuando Cubango e Huila, e uma no Bié e Malanje.

 

As idades dos novos infectados variam de sete meses a 83 anos, sendo 94 do sexo masculino e 108 do feminino.

 

Com estes novos dados, o quadro epidemiólogo do país apresenta um total cumulativo de 61.580 casos positivos confirmados pelas autoridades sanitárias, mais 202 em comparação ao dia anterior, dos quais 1.629 óbitos, mais sete, resultante numa taxa de letalidade de 2.6 por cento.

 

O número de recuperados passou para 49.977 mais 376 em comparação ao registo das últimas 24 horas. A taxa de recuperação  mantém-se a 81.2 por centro em comparação à última semana.

 

Os casos activos são 9.974, e deste número 24 encontram-se em estado crítico, 34 estão graves, 140 moderados, 84 leves e 9.692 assintomáticos. 

 

Na semana 27 de Setembro a 4 de Outubro, as autoridades sanitárias registaram uma redução de 41 por cento no número de casos positivos, um aumento de 84.5 por cento no registo de recuperados e no que concerne aos óbitos uma redução em 36.5 por cento.

 

Nas últimas 24 horas, os laboratórios de testagem da COVID-19 processaram 2.803 amostras por RT-PCR, dos quais 202 resultaram em casos positivos e a taxa diária de  positividade diária passou para 7.2 por cento.

 

O registo cumulativo de testes realizados até à data é de 1.050.635, das quais 61. 500 amostras positivas.

 

Neste momento, estão a ser acompanhados em internamento 282 doentes nas diversas unidades hospitalares especializados para casos de COVID-19 a nível do país.

 

Em quarentena institucional encontram- se 95 pessoas e sob vigilância epidemiológica 5.033 contactos directos de casos positivos.

 

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) atendeu 112 chamadas para pedido de informação sobre a COVID-19, e a equipa de saúde mental e intervenção psicossocial prestou apoio psicológico a 64 pessoas.