Saúde
11 Setembro de 2021 | 12h09

MAIS NOVE MORTES POR COVID-19

Angola regista 315 casos positivos e 88 recuperações

As autoridades sanitárias anunciaram a morte de nove cidadãos, sendo cinco do sexo masculino e quatro do feminino, com idades entre 30 e 83 anos.

As mortes ocorreram nas províncias do Moxico, com um registo de quatro, Luanda três e Namibe duas, segundo o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública (DNSP) divulgado esta sexta-feira, 10 de Setembro.

No país notificaram ainda 315 casos positivos nas últimas 24 horas, ou seja, mais 36 em relação ao registo anterior de 279. Entre estes, 252 estão em Luanda, 13 na Huíla, 12 em Cabinda e igual número no Huambo, nove no Namibe, sete no Bié, seis no Uíge, dois em Malanje e no Zaíre, respectivamente, sendo 175 do sexo masculino e 140 do feminino, com idades entre os 11 meses e 86 anos.

Apesar do registo de mais infecções, 88 pacientes entre um e 85 anos viram-se recuperados da doença, sendo 44 em Luanda, 10 no Moxico e igualmente no Huambo, nove na Huíla, seis em Cabinda, cinco no Bié, dois nas províncias do Cunene e da Lunda Sul. 


Por outro lado, nos laboratórios de testagem da COVID-19, os especialistas processaram 4.893 amostras por RTP-PCR, tendo acumulado um total de 939.774 amostras realizadas até à data. A taxa de positividade mantém-se a 5.3 por cento. 

O quadro geral da pandemia em Angola aponta 49.943 casos positivos confirmados, dos quais 44.576 recuperados ,1.322 óbitos e 4.045 activos, incluindo 18 em estado crítico, 41 graves, 139 moderados 45 leves e 3.802 assintomáticos.

Nos centros especializados para tratamento da COVID-19, encontram-se 243 pacientes internados, 146 nos centros de quarentena institucional e 1.471 contactos directos de casos positivos sob vigilância epidemiológica.