29 Outubro de 2020 | 08h10

LABORATÓRIOS DO HUAMBO E UÍGE EM FUNCIONAMENTO

Mais quatro mortes e 203 novos casos de COVID-19

A província de Luanda registou quatro mortes por COVID-19 nas últimas 24 horas, sendo dois homens e igual número de mulheres, na faixa etária dos 60 a 86 anos.

No mesmo período, 203 testaram positivo e 46 pacientes ficaram recuperados da COVID-19, sendo 43 em Luanda e três em Benguela, segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, nesta quarta-feira, 28, em Luanda.

O grupo dos novos infectados, com idades entre cinco meses de vida e 84 anos, é composto por 117 pessoas do sexo masculino e 86 do sexo feminino.

A província de Luanda, a mais atingida desde o início da pandemia, registou 167 infectados nas localidades de Belas, Ingombota, Cazenga, Maianga, Talatona, Rangel, Kilamba Kiaxi, Sambizanga, Samba e Viana. Benguela reportou 25, Uíge 10 e Lunda Norte um caso positivo. 

O país tem agora 10.074 casos confirmados, entre os quais 275 óbitos, 3.693 recuperados e 6.106 activos. Entre os activos, 14 críticos, 31 graves, 141 moderados, 426 com sintomas leves e 5.494 assintomáticos. 

Os laboratórios de testagem da COVID-19 processaram 2.031 amostras na base da biologia molecular nas últimas 24 horas, das quais 203 positivas e 1.828 negativas. 

Na totalidade, desde Março até agora, foram processadas 150.914 amostras, das quais 10.074 positivas, o que representa uma taxa de positividade de 6.7 por cento. 

Em todo o país, há 612 pessoas hospitalizadas nos centros de tratamento da COVID-19, 92 cumprem a quarentena institucional e 46 tiveram alta, sendo 19 no Cunene, 14 no Bié, 10 no Namibe, três no Cuando Cubango e uma no Namibe. 

As autoridades sanitárias controlam 4.071 contactos directos e ocasionais dos casos positivos.  A equipa de saúde mental e de intervenção psico-social assistiu 27 pessoas, das quais 17 utentes e 10 profissionais de saúde, e 170 famílias de utentes.

As linhas telefónicas de apoio psicológico (144 e 145) prestaram assistência a 50 pessoas, enquanto o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 203 chamadas para pedidos de informação sobre a COVID-19. 

Franco Mufinda informou que os laboratórios de biologia molecular do Huambo e Uíge já estão em funcionamento. Em Luanda, os laboratórios localizados na Zona Económica Especial estão abertos todos os dias, incluindo feriados, para atender todos que queiram saber o seu estado serológico.

O secretário de Estado apelou aos cidadãos em isolamento domiciliar a cumprir com as medidas restritivas que lhe são impostas, para não expor a família e a sociedade à contaminação pelo coronavírus.

Às comissões de moradores pediu maior apoio ao órgão municipal da Saúde durante o seu exercício de vigilância comunitária, sobretudo aos  assintomáticos.