Governo
05 Outubro de 2021 | 21h10

ENSINO SUPERIOR

Harmonização curricular inicia no próximo ano lectivo

O processo de harmonização curricular do ensino superior poderá entrar em vigor no ano académico 2022-2023 em todas as províncias do país. 

O anúncio foi feito esta terça-feira, 5 de Outubro, pela ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, no acto solene de abertura do ano académico 2021-2022, presidido pelo Presidente da República, João Lourenço.

De acordo com a ministra, o processo de harmonização curricular deve estar concluído este ano lectivo e está a ser conduzido por professores e especialistas de ordens profissionais que compõem as comissões curriculares nacionais.

No quadro da melhoria da formação de professores, Maria do Rosário Sambo deu a conhecer que se encontra em fase de conclusão o primeiro ano de três cursos de mestrado em metodologias de educação nos domínios da infância, ensino primário e ensino da língua portuguesa, e estão a ser capacitados 66 docentes para se tornarem formadores nos institutos superiores de ciências da educação.  

Os estudantes destes cursos de mestrado estão a ser formados numa universidade portuguesa parceira e vão frequentar estágios pedagógicos em Angola, com apoio de instituições públicas.

Para este ano académico 2021-2022,  estiveram disponíveis cerca de 152 mil vagas em todo território nacional, estando 58 por cento concentradas na província de Luanda. 

A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação disse ser necessário reforçar a oferta formativa nas áreas da Ciência, Tecnologia, Engenharia, Matemática e Saúde.

"Continua a ser manifesta a preponderância das áreas das ciências sociais e humanas, com 53 por cento no seu todo, excluindo a das ciências da educação que contribuiu com 12 por cento das vagas, o que é insuficiente para os desafios da formação de educadores de infância e dos professores do ensino primário e secundário”, referiu. 

Maria do Rosário Sambo fez saber ainda que o Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação vai realizar nos dias 29 e 30 de Novembro deste ano a sétima Conferência Nacional de Ciência e Tecnologia e a segunda Feira de Ideias, Inovação e Empreendedorismo de Base Tecnológica. 

Estes dois eventos vão permitir maior divulgação de trabalhos científicos, trocas de experiência e intercâmbio a nível nacional e internacional.

"Será uma oportunidade soberana para discutirmos sobre as nossas realizações nos domínios das ciências, tecnologia e inovação, interagirmos com parceiros e criarmos mais pontes para o reforço da cooperação científica”, acrescentou a ministra.