Governo
27 Janeiro de 2021 | 16h01

ENERGIAS RENOVÁVEIS

País vai instalar 800 megawatts de potência eléctrica

Até 2025, pelo menos 7,5  por cento da eletricidade gerada no país poderá ser proveniente de energias renováveis, com a instalação de 800 megawatts de potência.

A informação consta do memorando sobre o modelo de incentivos a adoptar para os investimentos no domínio das energias renováveis, aprovado esta terça-feira, 26 de Janeiro, pela Comissão Económica do Conselho de Ministros, orientada pelo Presidente da República, João Lourenço. 

A iniciativa vai permitir diversas vantagens, como por exemplo a poupança de energia e a melhoria da qualidade de vida dos consumidores, tendo em conta que vai evitar impactos negativos sobre o clima e a degradação ambiental.

As fontes de energias renováveis estão sempre disponíveis para utilização e não se esgotam. São obtidas a partir de recursos naturais regeneráveis, sendo a principal delas a energia solar, proveniente da luz do sol, além de outras fontes, como o vento que dá energia eólica, e as marés que fornecem a energia maremotriz.

Por essa razão, muitos esforços têm sido feitos para se promover as energias renováveis na matriz energética dos países em todo mundo. Em Angola, pretende-se melhorar o acesso à energia nas zonas rurais, com base em energias renováveis, e desenvolver o seu uso para acelerar o investimento público e privado. 

O memorando sobre o modelo de incentivos a adoptar para os investimentos no domínio das energias renováveis propõe um novo quadro de incentivos que vai promover a atracção de iniciativas privadas. 

Segundo o secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano, o sector tem estado já receber várias manifestações de interesse de investidores.