Saúde
19 Setembro de 2021 | 10h09

COVID-19 CAUSA DEZ MORTES NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Nas últimas 24 horas, dez cidadãos angolanos morreram de COVID-19 no país, sendo sete do sexo masculino e três do feminino, com idades entre 36 e 75 anos.

Segundo o boletim epidemiológico da Direcção de Saúde Pública (DNSP) divulgado este sábado, 18 de Setembro, os óbitos ocorreram nas províncias de Luanda com seis registos, Namibe dois, Bié e Malanje com uma morte cada. 

No mesmo período, 99 pessoas testaram positivo, sendo 55 em Luanda, 13 na Huíla, 12 no Namibe, nove no Bié, três em Cabinda e igual número no Uíge, dois em Malanje e no Moxico respectivamente.

Os novos infectados são 61 do sexo masculino e 38 do feminino, com as idades entre um ano e 75. 

Por outro lado, 34 pacientes, na faixa etária de um mês e 66 anos, ficaram recuperados da COVID-19. Deste número, 24 estiveram sob  cuidados médicos em Luanda, seis no Namibe e quatro na Huíla. 

Nos laboratórios onde são realizados os testes da COVID-19 foram processados 2.223 amostras por RT-PCR, tendo atingido um total de 960.990 testes feitos até à data. A taxa de positividade mantém-se 5.4 por cento. 

Neste momento, há 330 pacientes internados nos diversos centros de tratamento da COVID-19, 211 em quarentena institucional  e 2.823 contactos directos de casos positivos sob vigilância epidemiológica.

O quadro da pandemia em Angola regista um total de 53.307 casos confirmados, dos quais 46.025 recuperações, 1.388 óbitos e 4.894 activos. Entre os activos, 36 estão críticos, 40 graves, 163 com sintomas moderados, 76 leves e 4.579 assintomáticos.