Saúde
18 Janeiro de 2021 | 08h01

CINCO MORTES POR COVID-19 EM 24 HORAS

O país notificou cinco óbitos por COVID-19 nas últimas 24 horas, sendo quatro na província de Luanda e um no Uíge, totalizando 436 desde o início da pandemia em Março.

No mesmo dia, foram também registadas 110 novas infecções causadas  pelo vírus da COVID-19 e 122 pacientes recuperados, de acordo com o boletim epidemiológico deste domingo, 17 de Janeiro, divulgado pela Direcção Nacional da Saúde Pública (DNSP).

Quanto aos 122 pacientes recuperados, a província de Luanda registou o maior número, com 85 pacientes, seguindo-se o Huambo com 32 e Bié com cinco.

Tratando-se dos infectados, 41 casos foram diagnosticados na Lunda Sul, 23 no Cuanza Sul, 19 em Luanda, oito no Bié, seis no Huambo, cinco no Zaire, três na Huíla, igual número no Uíge e dois no Moxico. O grupo é composto por 64 infectados do sexo masculino e 46 do sexo feminino, na faixa etária dos dois e 90 anos.

Com estes dados, o quadro estatístico da pandemia em Angola passou a ter 18.875 casos positivos após o processamento de 334.345 amostras, que corresponde a uma taxa de positividade de 5.6 por cento. Nas últimas 24 horas, foram processadas 1.261 amostras por RT-PCR.

Existem 2.092 doentes activos, dos quais nove estão críticos, oito graves, 81 moderados, 101 leves e 1.893 assintomáticos. Os pacientes recuperados são agora 16.347.

Neste momento, estão internados 199 pacientes nos diversos centros de tratamento da COVID-19 do país, e 181 pessoas encontram-se em quarentena institucional, mais 33 em relação ao último balanço.

Sob vigilância epidemiológica estão 3.151 contactos directos e ocasionais dos casos positivos, mais 1.198 em comparação ao dia anterior.