Saúde
14 Setembro de 2020 | 14h09

Assintomáticos representam 93 por cento

Mais dois óbitos e 53 infecções por COVID-19

As autoridades sanitárias registaram mais dois óbitos, 53 novas infecções e 12 pacientes recuperados da COVID-19 nas últimas 24 horas.

Relativamente aos óbitos, tratam- se de um cidadão libanês, de 45 anos, e de um angolano, de 67 anos, ambos residentes em Luanda.

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, na sessão de actualização de dados sobre a COVID-19 deste domingo, 13 de Setembro, disse que 49 casos positivos foram notificados na província de Luanda, nas localidades de Ingombota, Belas, Cazenga, Viana, Kilamba Kiaxi, Talatona, Maianga e Rangel; e quatro na província de Cabinda.

Com idades entre os sete e 76 anos, 43 são do sexo masculino e 10 do sexo feminino.

Em relação aos 12 pacientes recuperados, todos são residentes da província de Luanda.

Com estes números, Angola soma 3.388 casos positivos, dos quais 134 óbitos, 1.301 recuperados e 1.953 activos. Dos activos, dois estão críticos com ventilação mecânica invasiva, 24 graves, 44 moderados, 62 com sintomas leves e 1.821 assintomáticos, que representam 93 por cento dos casos confirmados. 

Os centros de tratamento acompanham 427 pacientes em todo o país e os centros de quarentena institucional 683 casos suspeitos. Nas últimas 24 horas, terminaram o período de quarentena 17 cidadãos, dos quais 10 na província de Benguela e sete no Namibe.

As autoridades sanitárias controlam 4.756 contactos directos e ocasionais dos casos positivos.  

Os laboratórios de testagem por RT-PCR processaram 945 amostras nas últimas 24 hoas, das quais 53 positivas. Até à data, Angola tem um registo acumulado de 64.096 amostras processadas, das quais 3.388 positivas. 

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) notificou 65 chamadas, todas para solicitação de informação sobre a COVID-19.