Governo
12 Janeiro de 2021 | 14h01

A PARTIR DE 10 DE FEVEREIRO

Classes de transição do ensino primário retomam aulas

O Governo autorizou o reinício das actividades lectivas presenciais nas classes de transição do ensino primário, designadamente 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª, em todas as instituições de educação e ensino, a partir do dia 10 de Fevereiro.

A ministra da Educação, Luísa Grilo, na conferência de imprensa de apresentação das novas medidas de controlo da pandemia a vigorar até ao dia 9 de Fevereiro, disse que todas as escolas do país estão a trabalhar na criação de condições de biossegurança para o regresso às aulas, e a ser acompanhadas para se ter a garantia de que o trabalho é realizado, uma vez que o Presidente da República, João Lourenço, disponibilizou verbas para o efeito. 

Segundo Luísa Grilo, as escolas foram orientadas a cumprir horários alternados, com apenas duas horas e meia de aula, havendo ainda a possibilidade de se optar por aulas semi - presenciais, para que os alunos não fiquem muito tempo confinados no mesmo espaço. 

Para a titular do sector da Educação, é uma grande responsabilidade abrir as escolas do ensino primário, uma vez que estas representam o maior grupo de instituições de ensino e congregam mais de dois milhões de crianças em todo o país. 

"A experiência do primeiro trimestre foi positiva, tiramos lições e estamos a corrigir as situações que não deram muito certo”, disse a ministra, garantindo que está tudo acautelado para que, nos dois trimestres que faltam, as aulas decorram sem sobressaltos. 

O Ministério da Educação, acrescentou, está a trabalhar nesse sentido com os parceiros sociais, professores e encarregados de educação para que não se criem perturbações.