Portal Oficial do Governo da República de Angola
Governo

Angola pretende fortalecer cooperação militar com China

Angola pretende junto do Governo da China consolidar as bases para a implementação de projectos prioritários para as Forças Armadas Angolanas (FAA), no quadro do Comité Conjunto de Cooperação para Ciência, Tecnologia e Indústria de Defesa.


A informação foi prestada esta segunda-feira, 24, em Luanda, pelo ministro angolano da Defesa Nacional, Salviano Sequeira, quando discursava na abertura das conversações oficiais entre representantes militares dos dois países.



Como sectores prioritários na cooperação militar com o país asiático, Salviano Sequeira apontou os ligados ao fornecimento e à manutenção dos produtos da indústria de defesa, assistência técnica, formação de especialistas e construção de infra-estruturas para o exército angolano.



Segundo o governante angolano, a cooperação com a China apresenta resultados promissores na área de Defesa, o que constitui um marco para a sua consolidação.



O vice-presidente da Comissão Central de Defesa da República Popular da China, coronel-general Xu Qiliang, que também interveio na cerimónia, manifestou a disponibilidade do seu país em manter a cooperação no interesse das partes.



A delegação militar chinesa está na capital angolana desde domingo, 23, e tem em agenda, entre outros encontros, visitas a Base Naval da Marinha de Guerra Angolana, ao Museu de História Militar e a Escola Superior de Guerra.



A comitiva chinesa deixa Luanda quarta-feira, 26, de regresso ao seu país.



Angop